Crônicas da Bariceia 3 anos atrás

Crônicas da Bariceia (12)

O dinheiro foi encontrado com o preso por agentes de socialização, quando o detento foi submetido a uma revista, após o término da entrevista com a defensora.

compartilhar

Onde deseja compartilhar?

0 visitas.

Acusadas por carcereiros da Compaj de haverem entregado R$ 300,00 ao preso Josiel Silva de Souza, que cumpre pena por roubo, a advogada Camila Uiara Vieralves e suas acompanhantes, as também advogadas Erica Oliveira Gomes e Pâmela Barbosa, ficaram detidas por quatro horas naquela unidade prisional. O dinheiro foi encontrado com o preso por agentes de socialização, quando o detento foi submetido a uma revista, após o término da entrevista com a defensora. A versão dada pelo vice-presidente da Comissão de Direitos e Prerrogativas da OAB-Am, Alan Feitosa é que “Elas já haviam saído da entrevista com o preso quando foram abordadas pelos agentes as acusando de terem dado dinheiro para o preso. Mas não houve flagrante”. Corroborando com a tese, “até” o “beato” apenado, negou o fato. Disse que tentou dar o dinheiro para a advogada, mas ela recusou.   Como não houve materialização da prova, as causídicas foram soltas. Elas moverão ação contra o Estado por abuso de autoridade. Dra. Camila exerce a profissão há um ano. Surreal.

O ex-prefeito de Coari, Adail Pinheiro, acusado de crimes de favorecimento da prostituição, indução à satisfação de impulsos sexuais e por submeter criança ou adolescente à prostituição ou à exploração sexual (pedofilia), foi solto. Em novembro de 2014, o Tribunal de Justiça do Amazonas (Tjam) condenou Adail a 11 anos de prisão. Com bom comportamento, “Santo” Adail cumpriu um quarto da pena. A decisão de libertá-lo foi do  titular da Vara de Execuções Penais (VEP), juiz Luís Carlos Valois, em obediência ao decreto presidencial nº 8.940/2016, de 22 de dezembro de 2016. O Ministério Público Estadual (MPE-AM) posicionou-se favoravelmente à decisão do magistrado. Livre, Adail deu a seguinte declaração: “Esta decisão só confirma o quão frágeis são as acusações que fizeram contra mim e redobra ainda mais a certeza de que toda luta não foi e nunca será em vão”. Lapidar.

Criado para tentar conter a crise das unidades prisionais da capital, o Comitê de Crise ainda não conseguiu impedir a entrada de objetos proibidos nas unidades prisionais. Ontem, após revista realizada na Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, reativada há 22 dias para abrigar presos que deveriam estar incomunicáveis, foram encontrados 11 telefones celulares, três chips, seis carregadores, duas baterias, um cartão de memória, 10 metros de fio de cobre, 22 estoques confeccionados dentro das celas, corda (Teresa) feita a partir de um colchão e material para a construção de um túnel que já estava em “obras” dentro de uma das celas. Ainda ontem, dia 24, representantes do Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE) visitaram o presídio, após a visita de inspeção, o MP deu um prazo de noventa dias para o governo Melo desativá-lo. Bizarro.

Quem “salvou” o dia de ontem, já no fim da noite, foi a advogada de 23 anos, Vivian Amorim, representante do Amazonas no BBB 17. Segundo o site gshow, ela promete dançar muito na pista. A  sister contou que já ficou com um sertanejo famoso. Disse ainda que Jorge e Mateus e Wesley Safadão não podem ficar de fora da sua playlist. Sobre um símbolo sexual declarou que “Beyoncé e Anitta transpiram sexualidade”. No vídeo de sua apresentação declarou: “eu acho até que eu teria ( assim) uma competência de ficar um tempão ( assim) sentada estudando pra concurso, mas tem alguma coisa dentro de mim (assim) que quer explodir, sabe?”. A manauara também comentou que é muito comunicativa e que  fica falando muito sozinha (câmeras não faltarão para registrar essa particularidade). Ontem ela não explodiu, mas fez a sua torcida explodir de alegria, quando, em dupla com a mineira Mayara, venceu a primeira prova do líder, o que lhes assegurou a não indicação para o primeiro paredão. Reality show.

 

Comente

banner

Veja mais

banner
sobre

Lucio
Bezerra

Manauara, criado na José Clemente, Rua integrante do mais famoso quadrilátero do planeta Terra. Torcedor do Fluminense, filho de Luiz e Joanna, canhoto, apreciador de vinho, cantor de banheiro, ex-atleta, ex-cabeludo, arremedo de poeta e escritor, sonhador e eterno aprendiz.

22092visitas.

Últimas Reminiscências