Manáuseas 2 anos atrás

O que houve na Unidade Prisional do Puraquequara

A SEAP informou que não houve motim ou rebelião e atribuiu a tragédia a um ‘racha’ dentro do comando de uma facção criminosa que atua no Amazonas. E quais foram as ações corretivas imediatas?

compartilhar

Onde deseja compartilhar?

0 visitas.

No dia 7 de abril (sexta-feira), sete detentos foram assassinados por seus companheiros nas celas da Unidade Prisional do Puraquequara. A SEAP informou que não houve motim ou rebelião e atribuiu a tragédia a um ‘racha’ dentro do comando de uma facção criminosa que atua no Amazonas. E quais foram as ações corretivas imediatas? Transferência de 20 detentos ameaçados de morte para o isolamento externo e concessão da progressão de regime para o semiaberto para outros 12, transferidos para a Vidal Pessoa.

No “condomínio prisional” de gestão privatizada muito bem remunerada pelo Estado, o   gerenciamento não é preventivo, por isso  a desgraça abunda, reincide e redunda.

Comente

sobre

Lucio
Bezerra

Manauara, criado na José Clemente, Rua integrante do mais famoso quadrilátero do planeta Terra. Torcedor do Fluminense, filho de Luiz e Joanna, canhoto, apreciador de vinho, cantor de banheiro, ex-atleta, ex-cabeludo, arremedo de poeta e escritor, sonhador e eterno aprendiz.

15960visitas.

Últimas Reminiscências